quinta-feira, 18 de julho de 2013

PROJECTO / SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN, poema de Eugénio de Andrade

Fotografia retirada de http://amd2750.blogspot.pt













O longo muro alentejano e branco
O desejo de limpo e de lisura
Aqui na casa térrea a arquitectura
Tem a clareza nua de um projecto

In «Alentejo não tem sombra», de Eugénio de Andrade (antologia da Poesia Moderna sobre o Alentejo, com um desenho de Armando Alves), colecção «Pequeno Formato» (n.º 3), Edições ASA, Porto, Outubro de 2001 (4.ª edição).

Sem comentários:

Enviar um comentário