quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

[Ó amendoeira], poema de João José Cochofel

Fotografia encontrada em http://aeppea.wordpress.com/


















Ó amendoeira
assim mozartiana,
toda florescência,
ainda sem rama
nos galhos escuros
onde só a cor
põe a alegria
de vencer a dor.

In «Obra Poética» [«Quatro Andamentos», 1964], de João José Cochofel, colecção «Obras Completas», Editorial Caminho, Lisboa, Dezembro de 1988 (1.ª edição).

Sem comentários:

Enviar um comentário