quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Poema «VIII» de AREIA (1938), de José Gomes Ferreira

Imagem encontrada em http://narwen_sensualidade.blogs.sapo.pt/

Com o mar,
as curvas das ondas
e o dorso dum peixe ao luar
fiz uma deusa
que criou o mar.

(E depois deitei-me ao comprido
com o mistério resolvido.)

In «Poeta militante – Viagem do Século Vinte em mim» (1.º volume), obra poética completa de José Gomes Ferreira, colecção «Círculo de Poesia», Moraes Editores, Lisboa, Outubro de 1977 (1.ª edição).

Sem comentários:

Enviar um comentário