terça-feira, 27 de agosto de 2013

LUSITÂNIA, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Imagem retirada de http://barcosflores.blogspot.pt


Os que avançam de frente para o mar
E nele enterram como uma aguda faca
A proa negra dos seus barcos
Vivem de pouco pão e de luar.


In «Mar», de Sophia de Mello Breyner Andresen (antologia constituída por poemas de Sophia sobre o mar, organizada por Maria Andresen de Sousa Tavares e com posfácio de Francisco de Sousa Tavares), Editorial Caminho, Lisboa, Fevereiro de 2002 (4.ª edição).

Sem comentários:

Enviar um comentário