quinta-feira, 1 de agosto de 2013

ARTE DE INVENTAR OS PERSONAGENS, poema de Mário Cesariny

Imagem retirada de http://zebetosa.blogspot.pt
















Pomo-nos bem de pé, com os braços muito abertos
e olhos fitos na linha do horizonte
Depois chamamo-los docemente pelos nomes
e os personagens aparecem

In «Manual de prestidigitação» (poesia), de Mário Cesariny, colecção ‘Documenta Poetica’, Assírio & Alvim, Lisboa, 2005 (2.ª edição, revista).

Sem comentários:

Enviar um comentário