segunda-feira, 16 de novembro de 2015

NOSSA SABEDORIA É A DOS RIOS, poema de Carlos Nejar

Imagem encontrada em http://turismo.culturamix.com/

Nossa sabedoria é a dos rios.
Não temos outra.
Persistir. Ir com os rios,
onda a onda.

Os peixes cruzarão nossos rostos vazios.
Intactos passaremos sob a correnteza
feita por nós e o nosso desespero.
Passaremos límpidos.

E nos moveremos,
rio dentro do rio,
corpo dentro do corpo,
como antigos veleiros.

In «Brasil 2000 - Antologia de Poesia Contemporânea Brasileira», organizada por Álvaro Alves de Faria, Alma Azul, Coimbra-Castelo Branco, Outubro de 2000 (1.ª edição).

Sem comentários:

Enviar um comentário