sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Que trabalho exasperado, o da língua

Foto encontrada em http://gens-isibraiega.blogspot.pt


















Que trabalho exasperado, o da língua,
essa em que dizes com mão insegura
desvios, desacertos, desalinhos.

Eugénio de Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário